Imprimir esta página
Sexta, 07 Março 2014 07:40

Prêmio Innovare abre inscrições na segunda feira

Esta será a 11ª edição da premiação

O Prêmio Innovare, uma das mais bem conceituadas premiações da justiça brasileira, abre na próxima segunda-feira (10) as inscrições para sua 11ª edição. Este ano, o tema para concorrer nas categorias Juiz, Tribunal, Ministério Público, Defensoria Pública e Advocacia será livre. Na categoria Prêmio Especial, o Innovare dará novamente oportunidade a profissionais graduados de qualquer área do conhecimento. Para concorrer, os interessados deverão encaminhar ao Instituto Innovare iniciativas que já estejam em prática. O tema nesta categoria será “Sistema Penitenciário Justo e Eficaz”. O objetivo é estimular contribuições válidas para o aprimoramento da Justiça no Brasil, que sejam produto do exercício profissional dos participantes.

Em sua 10ª edição, no ano passado, mesmo sem a premiação em dinheiro, adotada para cumprir a resolução do CNJ, o Innovare teve 12% a mais de inscritos, com 464 trabalhos. Também em 2013, o Innovare entrou para as redes sociais, criando sua fanpage no Facebook (www.facebook.com/institutoinnovare), que ajuda a disseminar ainda mais as informações sobre as iniciativas premiadas, entre a população. Na fanpage e no site do Innovare (www.premioinnovare.com.br) estarão disponíveis as informações para que os interessados possam incluir seus trabalhos na seleção.

Sobre o Prêmio Innovare

Criado em 2004, o Innovare é uma das premiações mais respeitadas da justiça brasileira. O objetivo principal é identificar, premiar e disseminar iniciativas inovadoras realizadas por magistrados, membros do Ministério Público estadual e federal, defensores públicos e advogados públicos e privados de todo Brasil, além de profissionais graduados em qualquer área do conhecimento, que estejam aumentando a qualidade da prestação jurisdicional e contribuindo com a modernização da Justiça Brasileira.

O Prêmio Innovare é uma realização do Instituto Innovare, da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), da Secretaria de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça, da Associação de Magistrados Brasileiros, da Associação Nacional dos Defensores Públicos (Anadep), da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Associação Nacional dos Procuradores da República e da Associação Nacional dos magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), com o apoio das Organizações Globo.

 
Fonte: com informações do Instituto Innovare