Terça, 11 Março 2014 07:20

Márcio Fahel é nomeado PGJ do Ministério Público da Bahia

Márcio foi o candidato mais votado em eleição realizada pelo MP/BA

O promotor de Justiça Márcio José Cordeiro Fahel foi o escolhido pelo governador Jaques Wagner para chefiar o Ministério Público do Estado da Bahia (MP/BA) nos próximos dois anos (2014/2016). Márcio foi o candidato mais votado em eleição realizada pelo MP no dia 24 de fevereiro, ele compôs lista tríplice com os promotores de Justiça Ediene Lousado e Millen Castro.

Na oportunidade, o presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), César Mattar Jr., enviou ofício ao governador Jaques pedindo a nomeação do mais votado. No documento, César lembrou que a escolha do primeiro colocado sempre foi defendida pelos membros do MP.

Márcio Fahel substituirá o atual procurador-geral de Justiça Wellington César Lima e Silva, que comandou o MP/BA nos últimos quatro anos. A posse está marcada para a próxima quarta-feira, dia 12, às 16h, na sede do MP, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador.

Perfil

O novo chefe do Ministério Público baiano tem 42 anos e é natural de Itabuna. Foi empossado como promotor de Justiça em 1993, atuando nas Promotorias de Justiça de Mucuri, Aurelino Leal, Ibicaraí e de Itabuna, onde coordenou a Promotoria Regional. Em 2009, foi promovido para Salvador, e atuou na 1º Promotoria de Justiça Criminal e na 6ª Promotoria de Justiça da Cidadania. Nos últimos anos, ele ocupou os cargos de assessor especial, coordenador do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Ceaf) e de secretário-geral do Ministério Público. Antes de disputar a eleição, Fahel era chefe de Gabinete do procurador-geral de Justiça.

 

Fonte: com informações do MP/BA

Não perca nenhuma novidade!

Fique por dentro das notícias sobre o Ministério Público

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM

ASSOCIAÇÕES AFILIADAS



 

CONAMP Informa