Imprimir esta página
Terça, 01 Abril 2014 00:00

Deputado Ronaldo Fonseca (PROS/DF) apresenta PEC que restabelece a capacidade política passiva dos membros do MP

Membros da diretoria da CONAMP acompanhram a apresentação da PEC 392

O deputado Ronaldo Fonseca (PROS/DF) protocolou hoje (01) a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 392 de 2014.  A PEC acrescenta o § 7º ao art. 127 da Constituição Federal, para fixar prazo de afastamento de candidato Membro do Ministério Público; e revoga a alínea "e", do inciso II, do § 5º, art. 128, de modo a restabelecer a capacidade política passiva dos Membros do Ministério Público.

A presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), Norma Cavalcanti, e o 1º vice-presidente da entidade, Nedens Ulisses, acompanharam a apresentação da PEC. Também esteve presente o presidente da Associação do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT), Antonio Marcos Dezan; o 1º secretário da AMPDFT, Elísio Teixeira; o promotor de Justiça Guilherme Fernandes Neto; e o presidente da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), Carlos Eduardo de Azevedo Lima.

Nedens, Norma, Guilherme, deputado Ronaldo Fonseca, Antonio Dezan, Elísio, e Carlos Eduardo após a realização do protocolo da PEC 392

Clique aqui para ler a íntegra da PEC 392