Terça, 15 Abril 2014 07:50

Marcelo Weitzel é reconduzido ao cargo de procurador-geral de Justiça Militar

Presidente da CONAMP acompanhou a cerimônia de posse

O subprocurador-geral da Justiça Militar Marcelo Weitzel Rabello de Souza foi reconduzido ontem (14) pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao cargo de procurador-geral de Justiça Militar, biênio 2014/2016. A cerimônia ocorreu na Procuradoria Geral da República, em Brasília. A presidente da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (CONAMP), Norma Cavalcanti, acompanhou a solenidade.

“Se é nobre o ato de assumir, mais nobre ainda é o ato de reconduzir, que nada mais é do que o reconhecimento da gestão que se encerrou”, afirmou o procurador-geral da República. Rodrigo Janot desejou ainda que o novo mandato de Marcelo Weitzel seja marcado pelo comprometimento com o espírito do Ministério Público e pelo êxito administrativo na condução da sua instituição.

O presidente da Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM), Giovanni Rattacaso, destacou a gestão de Marcelo Weitzel. “Tem nas veias o sangue associativo. Como procurador-geral de Justiça Militar, ele conseguiu trazer harmonia e integração aos membros do Ministério Público Militar”, declarou Rattacaso. Além de parabenizar Weitzel pela recondução, o presidente da ANMPM colocou-se à disposição do procurador.

 “O Ministério Público Militar tem sido minha vocação. A confiança manifestada continuará a ser respondida”, disse Marcelo Weitzel em agradecimento à recondução.

Participou da solenidade o consultor Legislativo da CONAMP, José Silvério Perdigão, e o presidente da Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT), Antonio Marcos Dezan.

Perfil

Marcelo Weitzel ingressou no Ministério Público Militar em março de 1992, por meio de aprovação no sexto concurso público para procurador militar, posto que atualmente corresponde ao de promotor de Justiça Militar. Em junho de 1996, foi promovido, por merecimento, a procurador de Justiça Militar.

Além disso, foi chefe de Gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça Militar entre 2000 e 2002. Em 2004, foi promovido, novamente por merecimento, a subprocurador-geral de Justiça Militar. Atuou ainda nas Procuradorias de Campo Grande, Brasília, Rio de Janeiro, dentre outras. Exerceu também o cargo de presidente da Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM) entre 2003 e 2012.

Marcelo Weitzel assina o termo de posse
Giovanni Rattacaso; José Perdigão; Norma Cavalcanti; Marcelo Weitzel; Antonio Pereira Duarte, conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público; e Antonio Dezan

Fonte: com informações do Conselho Nacional de Procuradores Gerais

Não perca nenhuma novidade!

Fique por dentro das notícias sobre o Ministério Público

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM

ASSOCIAÇÕES AFILIADAS



 

CONAMP Informa