Quinta, 05 Março 2020 10:55

PEC do trânsito em julgado da decisão em segunda instância é tema de audiência pública

O presidente da Associação Espírito-Santense do Ministério Público (AESMP), Pedro Ivo de Sousa, representou a CONAMP nesta terça-feira (03) em audiência pública sobre a PEC 199/19, que trata da criação das ações revisionais especial e extraordinária, fixando o trânsito em julgado das decisões judiciais a partir da segunda instância.

“No âmbito do processo penal, é preciso esclarecer que nem a CONAMP nem o Ministério Público brasileiro são contrários ao princípio da presunção de inocência ou da não culpabilidade”, afirmou Pedro Ivo. Reiterando a importância de refletir o assunto em uma perspectiva de um projeto de nação, ele esclareceu que: “não se pode falar em inconstitucionalidade da proposta. O princípio da não culpabilidade, conforme os anais da constituinte, nunca teve a extensão normativa que se quer dar atualmente. Também, não se pode falar em violação do acesso à justiça, pois ele está garantido pelas novas ações revisionais”. Pedro Ivo defendeu, portanto, a afirmação do marco jurídico do trânsito em julgado absoluto após o julgamento em segunda instância.

Confira a íntegra de Pedro Ivo na audiência pública:

Não perca nenhuma novidade!

Fique por dentro das notícias sobre o Ministério Público

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM

ASSOCIAÇÕES AFILIADAS



 

CONAMP Informa

CONAMP Notícias

Quer ainda mais novidades? Assine nossa newsletter!

Loading, please wait..