Terça, 18 Agosto 2020 09:56

Ministro Celso de Mello concede tutela provisória de urgência ao procurador da República Deltan Dallagnol

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, relator das Petições (PET) 9067 e 9068, concedeu tutela provisória de urgência em favor do procurador da República Deltan Dallagnol, determinando a imediata suspensão cautelar dos procedimentos administrativo-disciplinares instaurados contra o membro do Ministério Público Federal a pedido, respectivamente, da senadora Kátia Abreu e do senador Renan Calheiros, perante o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Com a decisão, ficam suspensos dois procedimentos administrativo-disciplinares instaurados contra o procurador no CNMP.

Leia a íntegra das decisões:

- PET 9067

- PET 9068

A CONAMP, ao lado da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), esteve mobilizada e manifestou preocupação com os possíveis impactos negativos dos procedimentos em toda a carreira do Ministério Público. “Considero que o julgamento pode promover a abertura de um precedente perigoso. A condenação, com o afastamento de Deltan Dallagnol da Lava Jato, representaria a flexibilização da independência funcional dos membros do Ministério Público e de sua inamovibilidade [prerrogativa que protege integrantes do MP de remoção] ", disse Manoel Murrieta, presidente da CONAMP em entrevista ao portal UOL e ao Estadão.

Murrieta também foi coautor de um artigo na imprensa sobre o episódio junto com Fábio George, presidente da ANPR, e Francsico Rezek. O artigo “O interesse público e as garantias fundamentais dos membros do MP” foi publicado no portal UOL. “Uma das proteções mais básicas para agentes públicos em todo o mundo é a de que poderão cumprir seu dever sem receio de retaliação. A instauração de processo para remoção compulsória por interesse público sem uma base fática suficientemente demonstrada e grave inibirá ou mesmo erodirá garantias estabelecidas na Constituição para assegurar a independência do trabalho do Ministério Público brasileiro justamente em casos mais graves e complexos, como a operação Lava Jato.”

 

Com informações do STF

Não perca nenhuma novidade!

Fique por dentro das notícias sobre o Ministério Público

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM

ASSOCIAÇÕES AFILIADAS



 

CONAMP Informa

CONAMP Notícias

Quer ainda mais novidades? Assine nossa newsletter!

Loading, please wait..