Sexta, 28 Agosto 2020 15:36

CONAMP ingressa como amicus curiae em ação que questiona normas sobre destinação de pena pecuniária

A CONAMP pediu ingresso, nesta quinta-feira (27), na qualidade de amicus curiae, na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5388, em que a Procuradoria-Geral da República questiona normas do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho da Justiça Federal (CJF) sobre o uso de recursos provenientes de pena de prestação pecuniária em juizados criminais. A ADI tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) e o ministro Marco Aurélio é o relator.

Ao editar a Resolução 154/2012, o CNJ estabeleceu critérios para utilização de prestações pecuniárias decorrentes de suspensão condicional de processos e de transação penal nos juizados criminais. O entendimento acabou se repetindo no artigo 1º da Resolução CJF 295/2014, também questionada na ADI.

Na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5388, a PGR alega que os órgãos extrapolaram suas funções regulamentares ao tratarem de tema que perpassa função institucional do Ministério Público.

A CONAMP considera que a as normas impugnadas estão em desacordo com o ordenamento jurídico por ofender a própria Constituição Federal. Há ainda inconstitucionalidade formal. “Ademais, as normas processuais e penais e a própria CF preveem que cabe ao Ministério Público, que é o dono da ação penal pública incondicionada, definir os requisitos e regras para o oferecimento da suspensão condicional do processo e da transação penal. E, assim sendo, o magistrado não pode dispor sobre a destinação pecuniária proveniente dos acordos entre as partes. Cabe ao juiz, apenas, a homologação do acordo, observando os requisitos legais, que devem estar presentes”, conforme escrito na petição da entidade.

Não perca nenhuma novidade!

Fique por dentro das notícias sobre o Ministério Público

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM

ASSOCIAÇÕES AFILIADAS



 

CONAMP Informa

CONAMP Notícias

Quer ainda mais novidades? Assine nossa newsletter!

Loading, please wait..