Imprimir esta página
Sexta, 18 Setembro 2015 13:25

Rodrigo Janot é reconduzido ao cargo de procurador-geral da República

 

Membros da diretoria e do Conselho Deliberativo participaram nesta quinta-feira (17) da cerimônia de recondução de Rodrigo Janot ao cargo de procurador-geral da República.

Em discurso, Janot afirmou o compromisso de fortalecer o diálogo institucional e os princípios republicanos, além de uma atuação baseada na impessoalidade, transparência e independência funcional. “A sociedade está amadurecida para compreender que, num Estado de Direito, as instituições devem funcionar de forma harmônica, observando um Ministério Público forte, estruturado e autônomo”, disse.

Rodrigo Janot foi escolhido para ficar mais dois à frente do Ministério Público da União, no biênio 2015/2017. No pleito realizado no âmbito da classe, Janot foi eleito em primeiro lugar, com 799 votos, em votação para elaboração de lista tríplice da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). À época a CONAMP e demais entidades nacionais do MP manifestaram apoio à presidente Dilma Rousseff em indicar o candidato mais votado. Após a efetiva indicação, Janot foi sabatinado, sendo aprovado pelo Senado Federal para o segundo mandato.

Estiveram presentes a presidente da CONAMP, Norma Cavalcanti; o 2º vice-presidente da entidade, Victor Hugo Azevedo; o presidente da Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT), Elíso Teixeria; o presidente da Associação Nacional do MP Militar (ANMPM), Giovanni Rattacaso; o presidente da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), Carlos Eduardo Azevedo; além de procuradores-gerais de Justiça, membros do MP, e autoridades públicas.

Com informações e foto do MPF